ME DÁ UMA CARONA?

Quero uma carona nas pernas rápidas do moleque que corre pela rua sem rumo;

No vento que bate no meu rosto,  alheio ao prazer que me proporciona;

Quero também uma carona no caminho que meu sangue alcoolizado faz por minhas artérias;

No sorriso do bebê ao acordar e reconhecer seu ambiente;

No sono de quem não ama, nem tem contas atrasadas a pagar;

Me dê uma carona, vc menina na sua  ilusão do verdadeiro amor;

Na chuva torrencial que inunda as ruas desta cidade horrorosa, carregando energias, poeira, lixo e de vez em qdo móveis e gente;

Quero uma carona no seu existir, com seus ossos e carne, índole, dores e amores.

Eu sei que pedir carona atualmente é bizarro, mas.... por que não?

 

 



Escrito por nuriah buendía às 17h35
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, BELA VISTA, Mulher, de 36 a 45 anos


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Ixkol