LENDO ME

Não sei se por nostalgia, solidão ou puro prazer mesmo, mas hoje reservei , involuntariamente, diga se de passagem, o finalzinho da noite para  recordar. De repente começei lembrar de momentos que vivi, de pessoas que conheci e de situações que puta que pariu, não abriria mão de ter vivenciado. E nem imaginava que teria esta sensação anos mais tarde. Por isso me vejo obrigada a cair no infeliz do clichê que todo mal eu mesminha que busquei. Mas cara, mesmo  sendo uma mulher bem teimosa, curiosa e doida, até que no saldo final (lógico que eu não vou morrer hoje), diríamos saldo parcial, eu tenho milhões de vezes mais coisas incríveis prá me lembrar.

E o que diria das lembranças? São pedras as vezes preciosas, as vezes que nos ferem como se fosse a primeira vez, mas ninguém nos tira, a não ser o Alzheimer, lógico. Eu não sou capaz de me lembrar onde deixei os meus brincos preferidos, mas lembro da roupa que usava numa ocasião há um puta tempo. E neste pacote entram aromas, sabores e sensações. Através de um cheiro, revivo toda uma cena e um momento de minha vida. Não é fantástico? Pra mim né? E penso. Todo dia armazeno lembranças. Quais delas será que vão povoar meus pensamentos daqui dez anos? Aí o cabra morre e prá onde vai tudo isso? Tudo bem, não inventei nada, não sou um genio da ciencia e meu nome não será lembrado na história da humanidade, mas acho que toda família deveria ter um tipo de arquivo. Uma biblioteca com a história de cada membro da família. Escrito por cada um. Não seria interessante poder ler o que seu tataravô fazia?

Eu estou meio que nas coxas escrevendo a minha ou parte dela aqui, neste humilde blogzinho. Espero que um dia alguém se interesse e dê uma espiadinha. Lógico que os detalhes sórdidos eu não posso contar aqui, mas um dia crio coragem, crio um lindo pseudônimo e escrevo um livro só das esbórnias hahahahah. Tchau!



Escrito por nuriah buendía às 22h53
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, BELA VISTA, Mulher, de 36 a 45 anos


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Ixkol